Cyberpunk 2077 chegará ao Android pelo Geforce Now no dia do lançamento

0
48

Que notícia boa para todos nós do mobile! Cyberpunk 2077, um dos jogos mais hypados de 2020 chegará no Day One ao Geforce Now, serviço de streaming de jogos da Nvidia. Não tem pegadinha, você poderá jogar o Cyberpunk 2077 com qualidade de PC Master Race em um celular Android, ou no PC da Xuxa que você tem em casa, basta ter uma internet que suporte o streaming. A novidade foi publicada no fórum oficial da Nvidia.

Os assinantes gratuitos poderão desfrutar do game com a resolução full hd, com uma GTX 1060. Já os membros Founders (assinantes premium), poderão desfrutar até 6 horas do jogo continuamente, além de ter muito mais qualidade e poder de uma GTX 1080 e RTX ativo. Tudo isso em seu smartphone Android que mal consegue rodar Free Fire, já pensou?

Contudo, há uma possibilidade do jogo chegar apenas para membros Founders, assim como acontece com o The Witcher 3: Wild Hunt. A assinatura premium custa US$ 4,99 mensais. A versão Founder possui 3 meses grátis, você só começa a pagar a partir do quarto mês. Vale lembrar que para jogar o Cyberpunk 2077, e outros jogos no serviço é necessário ter o jogo comprado na Steam, ou seja, você terá de desembolsar cerca de R$ 199 para ter o jogo.

Imagem/Reprodução

Geforce Now alcança a marca de 1 milhão de assinaturas

O serviço de streaming da Nvidia está tão popular que recentemente chegou a marca de 1 milhão de assinaturas, aponta o analista de mercado Daniel Ahmad. O analista é conhecido por vazar informações importantes dos “insiders” da industria. Segundo ele, o serviço está em uma crescente de usuários, e que os números se misturam entre usuários premium e os testes gratuitos.

Produtoras estão tirando seus jogos do serviço, como isso vai acabar?

Na contra-mão dessa explosão de assinaturas, várias produtoras de jogos estão retirando seus títulos do serviço, é o caso da Activision/Blizzard e Bethesda. Alguns dos jogos mais populares nos últimos anos foram removidos como Fallout, Doom e The Elder Scrolls entre outros.

Imagem/Reprodução

Rumores indicam que a saída dessas empresas da parceria com a Nvidia se dá pelo sucesso do serviço, e o contrato firmado anteriormente, ao que tudo indica as empresas querem mais dinheiro. É quase certo que outras produtoras como a Warner e a Ubisoft também sigam o mesmo caminho. O que nos resta é esperar e ver o desfecho.

Deixe um comentário