Rodrigo Dias, ex-funcionário da Gameloft, abre o jogo sobre atual momento da empresa

0
73

Gameloft sempre ficou conhecida pela sua competência e qualidade em criar seus jogos para mobile, muitos acreditam que a produtora ainda é a maior desde o estouro dos jogos mobile. Mas há uns 3 anos, a empresa não tem lançado grandes títulos com freqüência, e isso tem preocupado os fãs da Gameloft, e muitos pensam que a empresa pode falir.

Grandes franquias de jogos do estúdio foram deixados de lado, Gangstar New Orleans, N.O.V.A. Legacy e outros títulos que são focados na campanha, já não tem mais força na empresa. Outros jogos tiveram seus servidores desligados, como Dead Rival. A maioria desses títulos menores não atingiram as expectativas de renda e popularidade, e manter esses títulos ativos ficou insustentável.

Rodrigo Dias, ex-funcionário da Gameloft Brasil postou recententemente um vídeo em seu canal pessoal, comentando e passando informações importantes sobre o momento da Gameloft. Confira abaixo:

https://youtu.be/HUA6LgqlZVw

Rodrigo cita que a Gameloft sofreu mudanças drásticas no planejamento. A empresa não quer lançar muitos jogos por ano, mas sim adotar a política de ‘menos jogos e mais qualidade’. Além disso, a produtora deve focar em jogos competitivos, para seguir a tendência do mercado. E uma vez que essa estratégia tenha sucesso, a Gameloft visa faturar cifras semelhantes a Garena, Tencent ou Epic Games.